Categoria: Cães

Capa de 'Vômito e diarreia em pets: tire suas dúvidas – Parte 1'

Vômito e diarreia em pets: tire suas dúvidas – Parte 1

Vômito e diarreia em cães e gatos é um problema que causa muitas dúvidas nos donos dos pets. Quando os sintomas tornam-se preocupantes? Quais as principais causas? O que fazer para evitar este tipo de problema?

Conversamos com a Médica Veterinária Patrícia Padovez para ela nos explicar quais são as causas mais comuns de vômito e diarreia em pets, como proceder para amenizar os sintomas e evitar que seu animal tenha esses problemas. Confira as explicações a seguir:

 

Quais as principais causas de vômito e diarreia nos pets?

No caso de diarreia e vômito em pets, em 90% das vezes a causa do problema não é a ração, e sim algo que o animal consumiu e que não estava acostumado, como algum petisco, comida humana que o dono deu ou então que o pet comeu escondido.

Caso a motivação do mal estar seja a alimentação, precisamos ficar atentos se o alimento está dentro do prazo de validade, se foi comercializado em sua embalagem original ou se é um produto vendido à granel (no caso da venda à granel, o controle de qualidade e a integridade do alimento são perdidos), ou então se o produto foi estocado de forma correta.

Outro motivo que pode causar o vômito e a diarreia é não fazer a troca gradativa da ração. Este tipo de manejo é importante por que quando o animal consome um tipo de produto a flora bacteriana está acostumada àqueles componentes específicos, quando ocorre a troca do alimento a flora bacteriana do pet é destruída para a formação de uma nova flora que irá se adaptar ao novo produto. É neste período em que o animal pode apresentar quadros de diarreia ou fezes amolecidas e também vômitos associados. Para a troca gradativa das rações da Farmina Pet Foods o recomendado é que seja feita em 10 dias, caso os sintomas continuem após este período entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor.

Pode haver também algum problema de aceitação dos nutrientes da ração. É preciso procurar ajuda de um médico veterinário para fazer um estudo à fundo com o intuito de entender qual a intolerância ou alergia que o pet apresenta e dar início a um tratamento adequado.

Além disso, existe uma grande diferença entre vômito e regurgitação e precisamos estar atentos. A regurgitação acontece logo depois que o animal alimentou-se, em geral por que ele ingeriu algo indevido, comeu rápido demais ou em uma quantidade maior que a sugerida nas embalagens. A principal característica da regurgitação é que conseguimos identificar o que animal regurgitou ainda tem aspecto de ração. O vômito apresenta uma cor diferenciada, e quando isso ocorre precisamos ficar mais atentos, pois pode ser indicativo de algo mais sério, como problemas hepáticos (no caso de vômito amarelado). Em animais que apresentam problema renal também é bem comum eles vomitarem por conta da alteração digestiva. Caso o vômito tenha algum tipo de coloração diferente da cor da ração, o ideal é procurar um médico veterinário, explicar o que aconteceu para então estudar as causas do problema.

 

Quando a diarreia e o vômito tornam-se preocupantes? Como saber a hora certa de levar o pet ao médico veterinário?

Quando os animais apresentam fezes aquosas, significa que a absorção dos nutrientes dos alimentos é muito pequena e nesse ponto o quadro já se torna preocupante, por que o pet já não absorve corretamente aquilo que é ingerido.

Para encaminhar o animal ao médico veterinário precisamos ficar atentos aos sinais que ele está passando. Ele teve uma diarréia muito forte por um dia inteiro? Esse mal deixou o pet menos ativo e você percebeu que a temperatura do focinho dele está muito quente? Quando percebemos esses sintomas, que são um indicativo de que ele está prostrado, um dia já é suficiente para procurar um veterinário.

Agora se ele tem diarreia, mas está brincando, continua comendo, apresenta um comportamento normal, pode ser que o problema não seja grave e não haja necessidade de buscar ajuda de um médico veterinário.

 

Na segunda parte da entrevista, a médica veterinária Patrícia Padovez explicará sobre a formação de bolas de pelos em gatos, quais os principais problemas que podem ser desencadeados por vômitos e diarreia mal tratados e como prevenir esses males.

 

Happy pet. Happy you.