Categoria: Saúde e Bem-Estar

Capa de 'Troca gradativa de alimentos: saiba como funciona'

Troca gradativa de alimentos: saiba como funciona

Muitas pessoas tem dúvidas de como substituir o alimento atual de cães e gatos por outro. Conversamos com a veterinária Tatiane Machado Teixeira Santoro, formada em medicina veterinária pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, e coordenadora técnica da Farmina para sanar algumas dúvidas sobre a troca gradativa.


1) Por que a troca gradativa de alimentos é importante?

A troca gradativa é importante porque o organismo dos animais é muito sensível a uma troca brusca do alimento. Se esse procedimento não for realizado o seu amigo pode ter alguns sintomas desagradáveis.


2) Quais problemas de saúde o animal pode apresentar se seu dono não realizar esse procedimento ao trocar o produto?

Diarreia, vômito, formação de gases e muito incomodo.


3) A troca gradativa de alimento deve ser realizada somente com cães ou gatos também precisam?

Cães e gatos necessitam dessa troca.


4) Existe uma maneira correta de efetuar a troca gradativa?

A troca tem que ser feita aos poucos, em torno de 10 dias. No primeiro, segundo e terceiro dia você coloca 75% do alimento antigo do animal e 25% do novo. No quarto e quinto dia, você coloca 50% do antigo e 50% do novo. Nos quatro dias seguintes você vai dar 25% da alimentação antiga e 75% da nova e no décimo dia já pode dar toda a alimentação nova. Tanto para cães quanto para gatos esse é o melhor procedimento.


5) Quando o dono do animal mudar somente o sabor, também é preciso fazer a troca gradativa?

Se for dentro da mesma linha não.