Categoria: Dicas

Capa de 'Pets e a chegada do bebê'

Pets e a chegada do bebê

A chegada de um bebê é um momento muito especial para toda a família e isso muda totalmente a rotina da casa. Essa mudança é sentida pelos pets, que podem ter um comportamento agressivo caso tenham o seu ambiente limitado e não recebam a mesma atenção dos donos. Para que ele se adapte aos novos hábitos é importante preparar o seu bichinho de estimação para essa nova fase gradativamente. Veja algumas dicas!

Comece pela casa

Pelo menos dois meses antes do nascimento, espalhe objetos e brinquedos da criança pela casa para que seu animal se acostume com a ideia. Deixe um carrinho na sala, o cobertor, ande com uma boneca nos braços, deixe que ele chegue perto sem pular, elogie e ofereça um petisco em caso de bom comportamento nessa situação.

Arrumar o quarto do bebê com o seu cão ou gato junto também é uma ótima estratégia para que o animal conheça o cheiro e o som dos brinquedos.

Bebê e bicho, prepare seu pet para essa mudança

Cachorrinho fofo brincando

Mudanças de espaço

Se você tiver que proibir o seu animal de entrar em algum cômodo da casa, faça essa mudança durante a gravidez, para que ele não associe a perda do espaço com a chegada do novo membro. 

Simulações

Durante algumas semanas antes do nascimento, simular choro de criança com o auxílio de uma fita com o som gravado, banhos e amamentação faz com que o animal aprenda a respeitar o bebê.

Gravidez e animais de estimação

Não deixe o seu pet de lado

Na presença da criança, o animal pode ficar com ciúmes, procure sempre dar carinho, atenção e agradá-lo com petiscos para que a presença do bebê seja associada com coisas boas e, com isso, o pet goste de ficar por perto. É muito importante envolver o pet com o dia a dia dos cuidados do bebê, assim ele vai entender que nada mudou e que é também parte da família.

Bebês e gatos, convivência e dicas

Cheiro de bebe recém-nascido e o pet

Cheiros

Coloque panos e cobertores com o cheiro do bebê em locais estratégicos, embaixo do prato de comida e onde o seu pet gosta de cochilar. Assim, elepode sentir o cheiro do neném e se acostumar com a presença.

Cãozinho desconfiado

Foto: Revista Meu Pet

Gatinho dorimindo

Foto: Revista Meu Pet

Brincadeiras

Depois da adaptação, deixe o bichinho se aproximar, brincar e passar bons momentos com a criança sempre sob sua fiscalização.

Bebê e cachorrinho

Bebê e gatinho juntos

Quer receber mais informações sobre o bem estar de cães e gatos? Fique atento ao nosso blog.

Você pode ainda compartilhar ideias e sugestões nos comentários, participe!

Happy pet. Happy you.