Categoria: Saúde e Bem-Estar

Capa de 'O que fazer quando o pet ingere algo não comestível'

O que fazer quando o pet ingere algo não comestível

Cães e gatos gostam de mastigar itens como brinquedos, chinelos, sapatos e novelos de lã, que parecem inofensivos aos nossos olhos, mas que podem ser prejudiciais à saúde do pet. O hábito é perigoso, uma vez que aumenta o risco de ingestão de objetos que podem ficar presos na garganta ou no estômago do animal. Saiba como proceder quando o seu pet ingerir algo que não seja comestível!

Os chinelos são os favoritos dos cães e também os mais perigosos, o animal pode comer alguns pedaços da borracha e engasgar.  Mesmo sendo comum na vida doméstica, o ideal é que esses calçados fiquem guardados em um local fechado e fora do alcance dos animais.

Se você suspeitar que o seu pet ingeriu algum objeto ou notar a falta de apetite, dor abdominal, vômito ou ausência de evacuação, o melhor procedimento é procurar imediatamente o atendimento de um médico veterinário para que seja possível realizar exames de raio X, ultrassom abdominal e endoscopia, que possibilitam o diagnóstico correto e a resolução do problema. Em casos extremos, uma cirurgia de emergência pode ser necessária.

Nunca tente fazer seu cão ou gato expelir o objeto por meio do vômito, o pet pode ter as vias áreas obstruídas e ficar sufocado. Em caso de linha, cordão ou fita, nunca tente puxar, pois podem estar presos ao trato digestivo e causar sérios danos aos órgãos internos e até causar a morte do animal.

Para preservar a saúde do seu animal de estimação, evite o uso de medicamentos sem prescrição médica.

É importante lembrar que alguns treinamentos específicos são essenciais para impor limites aos pets e promover a segurança. Além disso, o convívio de cães e gatos com crianças e em festas deve ser sempre supervisionado.

 

Quer receber mais informações sobre cuidados com os pets? Fique atento ao nosso blog!

 

Happy pet. Happy you.