Categoria: Cães

Capa de 'O companheirismo dos cães'

O companheirismo dos cães

            Cães estão sempre ao nosso lado. Não importa o que aconteça, eles são companheiros fiéis. Sejam reis que lhe dão comida farta e uma cama enorme e macia, ou mendigos que dormem com eles ao relento e oferecem escassa comida, idêntico será o tratamento que o cão dará ao homem. A dedicação e afeição dadas por um cão não serão menores em quem tem menos recursos a oferecer. O tema do artigo a seguir é justamente esse, o companheirismo e a lealdade dos cães.

 

A empatia que eles demonstram   

                         Talvez esse seja um dos principais motivos dos cães terem cruzado a barreira entre as espécies e ter se aproximado tanto dos humanos, a empatia. Segundo o dicionário Michaelis, empatia significa: “Compreensão dos sentimentos, desejos, ideias e ações de outrem; Capacidade de interpretar padrões não verbais de comunicação”. Esses significados não poderiam demonstrar melhor como os cães são: sempre  dispostos a ficar ao lado, prestando atenção em nossos movimentos e interagindo o tempo todo.

            Para confirmar essa característica, cientistas da Universidade do Porto, em Portugal, fizeram um estudo avaliando a resposta que os cães apresentam ao ouvir um humano bocejando. O teste utilizou o som do bocejo de pessoas conhecidas e desconhecidas para ver se os animais repetiriam o sinal. Surpreendentemente, 12 dos 29 cães bocejaram durante o teste, com frequência cinco vezes maior quando ouviram humanos conhecidos. Os pesquisadores dizem que esse resultado mostra a empatia que os cães podem demonstrar. Esse nível de interação é observado apenas nos primatas, nenhuma outra espécie demonstra esse comportamento.

            Conforme explicado em outro artigo da nossa série, os cães apresentam comportamentos sociais de cooperação herdados dos lobos. Esse comportamento foi muito aperfeiçoado durante os milhares de anos de domesticação, tornando cães animais extremamente colaborativos. E a empatia faz parte desse comportamento.

             

A importância de seguir o Líder

            Dado ao comportamento natural dos cães de trabalhar em grupo, a existência de um “líder” é sempre necessária. Os cães entendem a vida na nossa sociedade dessa maneira, por níveis de dominância na matilha. Por isso, cães precisam e gostam de ser liderados, e esse é o principal motivo deles prestarem tanto atenção na gente, e por vezes copiarem nossos movimentos. O tutor do cão deve ser visto como um líder, pois é ele que traz a comida, que toma a frente das situações e dá as ordens necessárias.  O cão adora agradar e nunca esconde sua alegria quando é elogiado por um trabalho bem executado, e isso é saudável para ele.

                     

A lealdade dos cães

                       Alguém duvida que os cães são leais? São inúmeros os casos onde eles demonstraram isso. Entre os mais famosos, podemos citar a história de Hachiko, um akita de um professor japonês que o acompanhava todos os dias até a estação de trem. Um dia o professor teve um derrame cerebral e acabou por falecer, não voltando à estação de trem naquele dia. Hachiko, que na época tinha 1 ano e meio, continuou indo diariamente a estação esperar pelo seu dono até completar pouco mais de 11 anos de idade, quando faleceu no mesmo local onde sempre esperava. Até hoje existe uma estátua de Hachiko para as pessoas lembrarem sua lealdade.

           

             Essa fidelidade dos cães não é à toa. Como explicado acima, ter um líder é algo natural para o cão, e ele sempre irá andar ao lado dessa referência. É realmente impressionante essa capacidade que os cães têm de estar dispostos a tudo para acompanhar os humanos. Por isso, é dever do ser humano saber cuidar e lidar de um cão. Premiar boas condutas, inibir comportamentos indesejados e nunca usar de brutalidade. Alguns comportamentos caninos são naturais, e por vezes devemos aprender a conviver com eles. Apesar de sabermos que o cão foi um animal moldado pelas vontades e desejos humanos, temos sempre que ter em mente que ele continua sendo, antes de tudo, um animal que a natureza criou. A inteligência do cão, o seu caráter, o seu poder de observação e a sua capacidade de agir com uma aparente compreensão íntima não devem nos confundir.

           

            Retribuir a lealdade de um cão respeitando a sua natureza faz parte do processo. Cães vão latir, destruir objetos, fazer bagunça e sujeira, ficar doentes, entre outras coisas, e isso tudo é natural para eles. Cabe a nós educar adequadamente e estar também sempre ao lado quando eles precisarem de cuidado, atenção e carinho.

                      

Cão feliz, dono feliz

            Para tornar a convivência mais harmoniosa e prazerosa, devemos ter em mente maneiras de manter o cão sempre feliz e tranquilo. Para isso, separamos algumas dicas:

 

- Passeios: uma maneira saudável e eficiente de manter seu cão tranquilo é através dos passeios. Cães precisam passear, explorar o ambiente, tocar a grama. Isso o deixa com certeza muito feliz. De quebra, você também irá aproveitar o passeio.

 

- Brincadeiras: dado ao fato que os cães hoje vivem dentro de casa, eles precisam de muita interação para gastar sua energia. Além dos passeios, brincadeiras são excelentes. Cães não vão se preocupar se você está triste ou estressado, eles vão querer brincar e isso vai alegrar seu dia.

 

- Prepare um local seguro e confortável para ele viver: cães sentem falta de um local reservado e confortável para dormir e se abrigar. O local deve ser coberto, seco e grande o suficiente para o cão circular livremente.

 

- Atenção para a saúde: fique sempre de olho na saúde do seu “melhor amigo”, afinal é muito triste vê-lo sofrer e isso acaba tornando a convivência complicada. O melhor jeito de cuidar da saúde é através da prevenção. É muito mais fácil e barato prevenir do que tratar doenças já instaladas.

 

- Alimentação: cães são carnívoros e não devem comer os alimentos que nós amamos. Alimentos desenvolvidos exclusivamente para humanos, como pizza, hambúrguer, sorvete, pão, entre outros, podem até ser deliciosos para o seu cão, porém o farão  sofrer consequências muito ruins para o seu bem-estar, como a obesidade, problemas articulares, problemas de pele, nos dentes, entre outros. Procure sempre alimentos que garantam uma boa nutrição em todas as fases da vida do seu cão. Atualmente, a Farmina Pet Foods oferece ao mercado alimentos que respeitam a natureza carnívora do cão, incluindo sempre matérias primas de alta qualidade e fontes excelentes de proteínas de origem animal, carboidratos, fibras e antioxidantes.  

 

Fontes consultadas:

Estadão - A empatia do cão pelo homem

DailyMail - See, they DO feel what you feel: Dogs 'catch' yawns from people (and it's FIVE TIMES more likely to happen if it's their owner