Categoria: Gatos

Capa de 'Cuidados para evitar acidentes com gatos dentro de casa'

Cuidados para evitar acidentes com gatos dentro de casa

Os gatos são animais curiosos por natureza e por conta disso, eles aprontam muito. Mas o que eles não sabem é que essas travessuras podem se tornar perigosas! Cabe a nós, seus tutores, cuidar para que nenhum acidente aconteça. Por isso, como cuidar de gatos pode ser uma dúvida comum, mas nós te ajudamos!

 

1- Janelas

As telas de proteção para gatos devem ser aplicadas nas janelas das casas e dos apartamentos e o motivo é simples: a rua é muito perigosa para os gatos e, por isso, devemos proteger os felinos das escapadas. O cuidado com gato em apartamento precisa ser redobrado e todas as janelas precisam ter a rede de proteção para gatos, pois o animal pode desequilibrar e cair, causando acidentes ainda mais graves.

2- Lixeiras

Os gatos são espoletas e adoram procurar alimento extra, o principal alvo são as lixeiras. Para evitar acidentes, alguns cuidados devem ser tomados como, por exemplo, utilizar lixeiras mais pesadas para que os animais não as derrubem com facilidade, ou, ainda, evitar as que possuem tampas de fácil abertura para que o animal não consiga acessar o lixo com facilidade. Além de encontrar alimentos impróprios para sua alimentação, objetos cortantes como cacos de vidros ou latas, podem ferir seu gato.

 

3- Toalhas

As toalhas de mesa, especialmente as compridas, podem despertar o interesse dos gatos e a “brincadeira” pode ferir os bichanos, uma vez que, objetos pesados ou facilmente quebráveis, como um copo, podem cair.

 

4- Choques

Todo cuidado com as tomadas é pouco! Quando o animal for ficar sozinho em casa, deixe as tomadas desligadas. Além disso, procure arrumar as instalações mal feitas e sempre repreenda seu gato ao mínimo sinal de interesse pelos fios. Protetores de tomadas são uma ótima opção para evitar que os felinos tomem choques.

5- Portas

As travas podem evitar que correntes de ar fechem inesperadamente a porta e acidentalmente acertem o animal, ferindo-o. Existem várias opções de modelos, alguns são mais discretos, outros são fofos, escolha o que mais combina com sua decoração e proteja seu animal.

 

6- Produtos de limpeza

Produtos em spray, ceras para assoalhos, desinfetantes e produtos de limpeza em geral podem intoxicar os gatos. Procure produtos não tóxicos e use inseticidas à base de ésteres do Ácido Crisantêmico (sempre observe a composição). É importante que se evite aplicá-los sobre o gato ou em locais onde ele costuma deitar ou comer.

 

7- Plantas

Se você tem plantas, flores ou hortas em casa fique atento: nem tudo que é natural faz bem ao animal, principalmente se o adubo tiver propriedades tóxicas. Por isso, esteja atento as embalagens e ao tempo de ação do adubo e só após esse período libere o acesso do animal às plantas.

8- Objetos espalhados

Como cuidar de um gato acaba exigindo atenção extra em alguns momentos, é importante estar sempre atento e não deixar objetos que podem ser ingeridos pelos felinos espalhados pela casa. A ingestão de corpos estranhos, como caroços de frutas, brinquedos plásticos ou pedras obstruem o estômago ou intestino e, muitas vezes, o animal precisa passar por cirurgias, uma vez que, a retirada com endoscópio nem sempre é possível.

 

9- Cozinhas

Por diversos motivos, a cozinha é um ambiente de perigo para os gatos! Ingestão de alimentos impróprios, queimaduras e acidentes ao encostar em líquidos, alimentos ou recipientes quentes podem acontecer. Mantenha os gatos longe da cozinha durante o preparo das refeições e até mesmo após, pois a superfície do fogão continuará quente por algum tempo, o que pode queimar as patas e/ou o focinho. Os felinos ainda podem sofrer queimaduras no corpo ao pularem por cima do fogão, se o mesmo estiver aceso, por serem animais peludos. Cozinha e gato não combinam!!

 

Happy pet. Happy you.