Categoria: Gatos

Capa de 'Como organizar os espaços do seu gato'

Como organizar os espaços do seu gato

Gatos são independentes, delicados e sensitivos. Embora pequenos, são ótimas companhias e com o tempo se tornam parte importante da família. Porém, assim como os outros membros, o bichano também vive na casa e precisa do seu próprio espaço.

Veterinários explicam que é essencial para o pet ter seus espaços delimitados no lar, isso desde filhote. Estabelecer quais locais pertencem somente ao gato é importante para disciplinar e dar segurança ao animal, além de promover o bem estar não apenas do felino, mas da família toda.

Separamos dicas preciosas para adaptar a sua casa e deixar o seu pet mais feliz!

Onde o pet vai comer:

Gatos sempre precisam de água limpa. As vasilhas com o alimento e a água do bichano podem ficar na cozinha, sala de jantar ou área de serviço. Os potes devem ser higienizados com frequência e os restos devem ser descartados após a refeição.

Os alimentos devem ser armazenados em um recipiente com tampa, em lugar de fácil acesso e bem arejado, longe do chão, do banheiro da casa e da caixa de areia. Extremamente higiênico, o animal não vai se sentir à vontade em se alimentar perto do seu próprio toalete.

Onde será o seu banheiro:

Felinos são muito limpos, portanto, a localização e manutenção da caixa de areia são de extrema importância.

Estabeleça um local arejado, de fácil acesso e que proporcione certa privacidade para ser o banheiro do animal. Também é importante que o espaço seja silencioso, uma vez que o barulho deixa o gato nervoso e dificulta sua aproximação.

É fundamental recolher as fezes e urina do local, diariamente. Portanto, opte por cômodos que sejam fáceis de limpar, como lavanderias ou áreas de serviço. Muitos gatos se recusam a usar caixas sujas e corre o risco do animal eleger outro local como sanitário.

Caso tenha apenas um gato, coloque ao menos duas caixas sanitárias em casa. Se você tiver mais, a quantidade deve ser uma a mais do que o número de pets.

Estudos mostram que a maioria dos gatos prefere areia com granulado fino e textura macia. A quantidade ideal de areia não deve ultrapassar cinco centímetros. 

Onde o pet vai dormir:

A cama do bichinho também deve ficar em um local bem pensado. Nada de deixar o pet dormir na mesma cama que você! O recomendado é que o quarto do animal seja até em um cômodo diferente.

Veterinários indicam que a cama seja colocada na sala de estar, em algum quarto extra da casa ou lugares onde o gato possa ficar sozinho e tranquilo. Como o pet também pode sentir frio, é ideal que ele tenha uma almofada, cesto, cobertor ou qualquer material que isole a umidade ou a sensação de frio que possa vir do piso.

Brinquedos e onde brincar:

O arranhador é um item básico na lista de brinquedos para gatos, que têm o hábito comum de afiar as unhas. Novelos de lã e bolas de papel pendurados por um barbante são alternativas simples que suprem essa necessidade. Se não quiser que o felino use o sofá ou outros móveis da casa para este fim, é importante ter o arranhador!

Também é preciso separar um espaço especial para os brinquedos, que podem ser guardados em cima da cama do pet. Assim, o gatinho vai saber que tem fácil acesso à suas coisas e pode pegá-las quando quiser.

Para deixar o seu gato ainda mais feliz, monte prateleiras nas paredes e crie tocas – pode ser de papelão – como pequenos esconderijos. Dessa maneira o seu felino coloca em prática suas habilidades de vigiar território e ainda se sente confortável com cantinhos onde se sinta protegido. Ele vai adorar!

Happy pet. Happy you.