Categoria: Gatos

Capa de 'Como escolher o melhor alimento úmido para gatos'

Como escolher o melhor alimento úmido para gatos

Na hora de escolher a dieta de um animal de estimação precisamos levar alguns conceitos em consideração. Particularidades da espécie, preferências alimentares e requerimentos nutricionais devem ser sempre observados. Felizmente, existem alimentos completos de altíssima qualidade que levam em conta esses pontos. Uma das categorias que têm sido amplamente recomendadas para gatos é a de alimentos úmidos. Veja em detalhes o que é um alimento completo com alto teor de umidade, quais são seus benefícios e conheça o novo conceito de alimentos dessa categoria.

O que é alimento úmido e seus diferenciais

O alimento úmido tem como principal característica um teor de umidade que pode ir de 60% a 84%, muito superior ao da ração seca, que gira em torno de 10% a 12%. Mas não é só isso. O processo de produção é bem diferente, e a proporção de macronutrientes, como carboidratos e proteínas, também varia em relação à seca.

Os alimentos úmidos não são extrusados. A extrusão é um processo em que ingredientes são misturados em uma massa uniforme e cozidos sob alta pressão, processo necessário para formar os grãos de ração. Normalmente, o alimento úmido é fornecido em patês homogêneos ou em pedaços uniformes mergulhados em um molho espesso, com algumas exceções.

Importante destacar que os alimentos úmidos completos são capazes de atender integralmente as exigências nutricionais dos animais, podendo possuir propriedades específicas ou funcionais, e ser oferecidos como única fonte de alimento. Existem outros tipos de alimentos úmidos que não são completos, com a finalidade de agrado ou recompensa, portanto não podem ser utilizados isoladamente na nutrição dos animais.

Benefícios

Existem alguns benefícios que somente os alimentos úmidos oferecem:

- Mais água: o maior teor de umidade vai contribuir diretamente na hidratação do gato. A água desempenha inúmeras funções fundamentais no organismo dos seres vivos, e manter-se adequadamente hidratado é muito benéfico para a saúde. Desde a proteção da pele, de mucosas, dos olhos, o transporte de nutrientes pelo sangue e fluidos corporais, a produção de ácidos estomacais e saliva, e também a eliminação de resíduos pela urina e pelas fezes, a água participa de tudo. Apesar dos animais beberem espontaneamente, uma maior oferta de líquidos vai trazer benefícios para a saúde como um todo.

- Mais saboroso: pelas suas características físicas e seu processo de produção, o alimento úmido é mais saboroso, mais atrativo ao felino. Isso ocorre porque naturalmente, tanto os animais como nós temos uma preferência por refeições ricas em água. O aroma do alimento úmido é mais pronunciado, e a textura é mais “confortável”. Gatos levam muito em conta esses dois atributos na hora de se alimentar. O alimento úmido é, portanto, mais palatável. Animais mais velhos que normalmente perdem parte de seus sentidos olfativos podem se beneficiar disso. Esta também é uma vantagem quando o animal está com falta de apetite causada por algum problema de saúde.

- Sacia mais: o volume grande de água torna a porção maior. Mais volume de comida dentro do estômago vai gerar uma saciedade superior, pois o estômago tem receptores que detectam sua distensão.

Por que alimentos úmidos são muito indicados para gatos?

Devido aos seus benefícios, o consumo de alimentos úmidos vem crescendo no mundo todo, principalmente pelos gatos. Entre os pets, os gatos são os que tem a maior indicação do uso regular deste tipo de dieta pelos seguintes motivos abaixo.

Alimento mais próximo da dieta natural

A alimentação do gato selvagem é baseada em pequenas presas que o felino de pequeno porte consegue caçar. Essas presas são ricas em água e proteínas, e pobres em carboidratos, algo muito parecido com a composição dos alimentos úmidos. Essa dieta especializada de carnes levou a adaptações metabólicas e nutricionais exclusivas. Isso aumenta a necessidade do gato de ingerir dietas com essas características.

Evita problemas urinários

Os gatos têm uma característica de beber pouca água. Acredita-se que isso ocorre primeiramente porque os ancestrais do gato vieram de regiões desérticas do Oriente-Médio e norte da África, adaptando-se a baixíssima oferta de água dessas regiões. Para “piorar” a situação, felinos são muito seletivos com a água que bebem. Por questões de autoproteção, eles procuram beber água corrente e fresca (mais segura e limpa), evitando aquela água parada, como a do potinho. Outra questão é o fato do gato na natureza se alimentar exclusivamente de outros animais, que são sempre ricos em água. Todas essas situações tornaram o gato um animal “tolerante à sede”. Vale ressaltar que o gato doméstico é praticamente igual ao gato selvagem, tanto em comportamento e hábitos alimentares, quanto fisicamente.

Ao viver dentro de casa, sem a necessidade de caçar e ingerir presas, sem acesso a água corrente e fresca como de um riacho, por exemplo, o gato acaba ingerindo pouca água. Ocorre que ele ingere somente o necessário para manter as funções básicas que a água exerce, mas não o suficiente para evitar problemas urinários. Na verdade, a baixa ingestão hídrica é a principal causa das doenças do trato urinário dos felinos. Essas doenças são causadas na maior parte dos casos pela produção de pedras na bexiga e infecções bacterianas, que levam a obstruções, inflamações, dor, e outros sintomas. A melhor prevenção desses problemas é justamente uma maior ingestão de água. As pedras são formadas por minerais que se depositam na bexiga e vão se juntando com o tempo até formar um cálculo grande o suficiente para causar problemas. Uma urina mais diluída vai dificultar essa aglutinação dos minerais, além de aumentar a frequência de micção, permitindo um menor tempo da urina depositada na bexiga.

Menos calorias

Existe um número alto de pets acima do peso, principalmente gatos. O estilo de vida caseiro, com baixa atividade física, associado ao excesso de mimos que oferecemos e a oferta farta de alimentos que o gato tem à disposição, são as principais causas. Além disso, sabemos que é recomendado castrar os bichanos, e isso também influencia no ganho de peso. Por isso, cada vez mais as empresas de nutrição e os médicos veterinários têm pensado maneiras de ajustar a dieta dos gatos, evitando a obesidade. Uma das grandes vantagens do alimento úmido é a baixa quantidade de calorias por porção.

Se o felino doméstico for criado livre, com acesso à natureza, ele vai se alimentar da maneira que explicamos, com pequenas presas várias vezes ao dia. Essa dieta fornece poucas calorias por refeição já que aproximadamente 70% do animal abatido é água. Isso evita a obesidade, pois água não contém calorias. O felino que conhecemos hoje se adaptou a essa alimentação: pequenas porções de água e nutrientes durante todo o dia vão nutrir seu organismo da melhor maneira. O alimento úmido é o mais próximo disso que podemos oferecer. O tutor pode escolher entre as opções do mercado, mas uma delas, recém-lançada, traz o conceito de alimento minimamente processado, completo e natural.

As novas opções disponíveis no mercado

O conceito de nutrição para carnívoros da Farmina consiste em reproduzir de maneira fiel a alimentação que cães e gatos tinham na natureza. Baseado nisso que as linhas N&D foram desenvolvidas, sempre utilizando formulações ricas em ingredientes de origem animal, com baixa inclusão de carboidratos, sem a adição de ingredientes transgênicos e artificiais, entre outras características.

Pensando sempre em oferecer a melhor nutrição possível, a Farmina lançou sua linha de alimentos úmidos, com diferenciais importantes:

Fórmulas inovadoras

 Novas fontes de proteína animal como bacalhau, camarão, badejo, arenque e sardinha além das já utilizadas cordeiro, frango e salmão. Linhas novas como a N&D Quinoa com fórmulas funcionais, N&D Ocean que utiliza apenas pescados como fonte de proteína animal, e as outras linhas já consagradas da Farmina.

Pedaços de carne

Alimentos ricos em carnes em pedaços, fatias de peixe, ovos, batata-doce e pedaços de frutas, sem o uso de subprodutos.

Cozimento delicado

Geralmente, os alimentos úmidos são produzidos usando um processo de cozimento de 2 etapas, que afeta o valor nutricional do produto final. A Farmina implementou uma tecnologia de vapor suave, com apenas 1 etapa de cozimento. Com isso, temos melhor preservação das características de sabor, aroma e textura dos ingredientes utilizados. O resultado é um alimento minimamente processado, na conveniência de uma lata.

Sem adição de conservantes artificiais

O processo de produção da Farmina resulta em um alimento que não precisa de conservantes artificiais.

Sem goma

A maioria dos alimentos úmidos tradicionais contém algum tipo de goma para manter o molho espesso. A Farmina não utiliza esses aditivos, mantendo o alimento o mais natural possível.

Várias opções

A Farmina tem 5 linhas N&D diferentes, com diversas opções de fórmulas, proporção de nutrientes, indicações e sabores. Para te auxiliar a escolher sempre a melhor opção para o caso do seu pet, utilize o serviço de Suporte Nutricional.

Suporte Nutricional Farmina

Já imaginou poder contar com o suporte de uma equipe de especialistas em nutrição animal? Nossos profissionais podem te ajudar e indicar uma dieta que se adeque às necessidades do seu animal de estimação. Clique aqui e tenha acesso exclusivo.