Categoria: Dicas

Capa de 'Como criar seu pet em apartamentos'

Como criar seu pet em apartamentos

A criação de pets em apartamentos requer cuidados especiais e alternativas para que exista uma rotina repleta de exercícios e brincadeiras que promovam o desenvolvimento saudável do seu animal. Confira as nossas dicas!


Raças

Apesar de não existir uma metragem mínima estipulada para que o pet viva bem, quando se trata de apartamentos, as raças silenciosas ou de pequeno porte são a preferência. Pug, Shih-tzu, Poodle Toy, Maltês, Dachshund, Lhasa Apso são cães que têm um perfil menos agitado. Quanto aos gatos, por terem um comportamento mais tranquilo, todas as raças se adaptam a ambientes pequenos.


Pug - Cachorro em apartamento


Poodle - Cães de apartamento


Adestre

Treine o seu animal de estimação: ensine o seu pet a fazer as necessidades em um local específico. Para os gatos, as caixas de areia são as mais indicadas. Produtos líquidos como o pig dog ou pip trainer auxiliam no processo de adestramento.


Gato em apartamento

Objetos recreativos

Opte por objetos que reduzam a monotonia do pet e proporcionem alegria, principalmente se o animal costuma ficar muito tempo sozinho durante o dia. Alguns recursos como ossinhos, mordedores e brinquedos mastigáveis são ideais para cães. Já os felinos, preferem os arranhadores, prateleiras ou até mesmo novelos de lã. 


Gatos de apartamento
Foto: Mulher Uol - Arranhador


Gatinhos na prateleira
Foto: Mulher Uol - Estantes


Pug com osso

Atividades físicas

Para evitar lesões e problemas na coluna em cães e gatos, procure sempre um médico veterinário para que ele indique os exercícios adequados, de acordo com as condições específicas do seu pet. De maneira geral, levar o animal para passear em parques e praças, pelo menos uma vez por semana, é uma ótima opção.

Os animais que vivem fechados em apartamentos necessitam de passeios regulares e de atividades físicas para evitar problemas respiratórios, cardiovasculares, dores nas articulações, obesidade, limitação de mobilidade corporal e doenças psicossomáticas como, por exemplo, a dermatite por lambedura das extremidades. Além disso, o sedentarismo pode gerar quadros de estresse e ansiedade para o pet.


Veterinária e cão


Gatinho feliz

 

Limpeza

Faça uma higienização diária do local em que os alimentos e o bebedouro dos pets ficam posicionados, aspire todos os cômodos pelo menos três vezes por semana e não se esqueça de limpar diariamente qualquer resíduo de urina e fezes que prejudiquem o seu bem-estar e do seu pet. 


Bulldog - Cachorro fofo

 

Curtiu as dicas? Fique atento ao nosso blog e saiba mais sobre o universo de cães e gatos. Você pode ainda compartilhar experiências, enviar sugestões e tirar dúvidas nos comentários. Participe!

 

Happy pet. Happy you.