Categoria: Gatos

Capa de 'Características do gato Persa'

Características do gato Persa

O gato da raça Persa é um dos mais populares no Brasil, junto com o Angorá e o Siamês. Não apenas suas características físicas os diferem das outras raças, mas sua personalidade e comportamento também são bem peculiares e podem ser decisivos para quem está em busca de um animal de estimação. Confira a seguir um pouco sobre este gato.

 

Ficha técnica

É uma raça originária da região da Pérsia (atual Irã), que aos poucos foi sendo difundida para a Europa. No continente europeu ocorreu o cruzamento com os gatos Angorás (originários da Turquia), o que resultou no Persa que conhecemos atualmente. Por volta de 1870 aconteceu a primeira exposição dos gatos na Grã-Bretanha e, a partir desta data, começou a criação seletiva por meio do cruzamento dos melhores exemplares da raça, o que originou em novas cores de pelagens da espécie.

São gatos de porte médio, que podem chegar até 25 cm de altura e pesar entre 3,5 kg a 7 kg. Sua principal característica é o focinho curto, seus olhos são grandes, arredondados e expressivos, a cauda e as pernas são mais curtas e a pelagem longa e macia, em variadas colorações: creme, vermelho, preto, azul branco ou bicolor.

 

Personalidade e comportamento

Os Persas são extremamente dóceis e carinhosos, se apegam facilmente aos donos e são pacatos. Para pessoas que nunca conviveram com gatos é uma ótima forma de ter familiaridade com esses animais. Por serem muito sociáveis, são perfeitos para viver junto com outros gatos, cães e crianças. São felinos tranquilos e que quase nunca miam. É possível notar que no período do cio eles ficam mais inquietos, mas ainda assim seu miado é baixo.

Apesar de ser uma raça muito calma e que fica longos períodos em repouso, eles também são extremamente curiosos e seus donos precisam ficar sempre atentos com os eletrodomésticos da casa e com o automóvel, o Persa pode se colocar em situações de perigo sem perceber.

 

Cuidados e saúde

Devido ao seu nariz muito achatado, o gato persa apresenta problemas de saúde, principalmente respiratórios, nasais, neurológicos, infecções oculares e deslocamentos do maxilar. Por isso, associações do mundo todo começaram a ficar mais atentos quanto à reprodução da raça, para que os problemas de saúde sejam minimizados.

Devido ao formato achatado do seu nariz, os olhos do Persa tendem a lacrimejar bastante, o que requer alguns cuidados especiais: limpe diariamente e delicadamente a área onde as lágrimas escorrem com algodão e soro fisiológico para que o gato não tenha problemas com infecções oculares e para não deixar formar manchas escuras no local.

Seu pelo é muito longo e sedoso e necessita ser escovado diariamente usando um pente ou escova de dentes largos. Os nós que você não conseguir retirar durante a escovação devem ser cortados, para não formarem bolas de pelo ainda maiores que só poderão ser retiradas por especialistas. É importante acostumar o gato à escovação desde filhote, para que o hábito não seja algo doloroso e estressante para o animal.

O banho se faz necessário todos os meses para não proliferar bactérias na pele do animal. Além disso, é importante secar muito bem os pelos do gato com um secador, a umidade ajuda na proliferação de fungos que dão origem a micoses.

Fique de olho na hora de alimentar seu gato, procure fracionar a quantidade diária de ração recomendada em até 15 vezes ao dia. Devido ao formato do rosto do persa ele tem dificuldade em comer a ração que sobra nos cantos do potinho, quando isso acontecer basta sacudir a vasilha até que a ração volte para o centro e seu gato possa comer.

 

Para quem nunca conviveu com um gato, os da raça Persa são ótimos para dar o ponta-pé inicial. Eles se dão muito bem em ambientes pequenos como apartamentos e casas sem um quintal muito grande, e também são ótimos companheiros para outros animais e crianças pequenas.

Ainda tem alguma dúvida sobre a raça? Deixe nos comentários para que possamos responder!

 

Happy pet. Happy you.