Categoria: Saúde e Bem-Estar

Capa de 'As matérias-primas nobres na alimentação dos cães e gatos'

As matérias-primas nobres na alimentação dos cães e gatos

A qualidade do alimento que oferecemos aos nossos pets é muito importante para manutenção da saúde e do bem-estar deles. Na hora de escolher a melhor opção é necessário olhar a formulação do alimento, checando os níveis de garantia e os ingredientes utilizados. Entenda a seguir o que são matérias-primas de alta qualidade, e porque elas garantem uma refeição saudável, natural e muito saborosa para cães e gatos.

O que é uma matéria-prima de alta qualidade

Primeiramente, vamos explicar o que é matéria-prima na produção de alimentos para animais: trata-se dos ingredientes básicos que irão compor a ração, sendo a base do alimento final. As matérias-primas são produtos que irão passar por processos industriais, como cozimento, desidratação, moagem, e mistura com outros ingredientes para se tornar o produto final pronto para consumo. Esses processos garantem a qualidade, segurança e a praticidade do alimento que o animal irá ingerir.          

A qualidade das matérias-primas é o mais importante atributo para produção do melhor alimento para os pets, ou seja, um ingrediente de má qualidade irá invariavelmente resultar em uma ração de má qualidade, independentemente do processo de produção.  Portanto, a matéria-prima de alta qualidade para alimentação de cães e gatos deve:

– Ser rica em macronutrientes como proteínas, gorduras ou carboidratos, e micronutrientes como vitaminas e minerais, e antioxidantes naturais.

– Apresentar alta digestibilidade e alto valor nutricional.

– Estar livre de contaminantes.

– Seguir a característica alimentar da espécie em questão, ou seja, ser considerado um alimento próprio para o cão ou o gato.

– Ser de fornecedores certificados e fiscalizados regularmente, e que seguem as regras de bem-estar animal.

– Estar livre de hormônios e outras substâncias estranhas ao alimento.

A linha N&D e suas matérias-primas

A Farmina, pensando sempre em oferecer o melhor alimento possível para cães e gatos, traz em todos os seus produtos matérias-primas de altíssima qualidade, veja a seguir.

Na linha N&D, mais de 90% das proteínas presentes nos produtos são de origem animal. Isso garante que o mais nobre dos nutrientes para os carnívoros esteja presente em grande quantidade. A Farmina utiliza fontes inovadoras de proteína animal, como pato, peixe e cordeiro, além das tradicionais fontes, como ovo e frango.

As gorduras são também de fundamental importância, pois são fonte primária de energia para carnívoros e desempenham funções básicas no organismo, como transporte de nutrientes e produção de hormônios. O óleo de peixe, rico em ômega 3 (DHA e EPA), e o óleo de frango, rico em ácidos poli-insaturados e muito palatável são as fontes de gordura de origem animal.

Carboidratos são nutrientes importantes também para cães e gatos, porém o ideal é que estejam presentes em quantidade moderadas. Além disso, o tipo de carboidrato é fundamental para a correta digestão e manutenção da saúde. Os produtos da linha N&D utilizam opções diferenciadas, como a quinoa, a batata, a abóbora nos produtos livres de cereais (N&D Grain Free e N&D Pumpkin) e, cereais ancestrais como aveia, cevada e sorgo como opções nos produtos N&D Ancestral Grain. Essas fontes de carboidrato possuem baixo índice glicêmico, são livres de transgênicos e contém naturalmente antioxidantes e nutrientes.

A inclusão de carnes nos produtos

A Farmina utiliza carnes como parte das matérias-primas de origem animal em suas fórmulas. A carne é considerada um ingrediente de alta qualidade para animais carnívoros por vários motivos, entre eles:

- Digestibilidade: por ser um ingrediente natural sem mistura com outros resíduos animais, a digestibilidade é superior.

- Sabor: as propriedades organolépticas do ingrediente, como o sabor e o odor são mantidas nas carnes, o que resulta em um produto muito mais atrativo para o pet.

- Qualidade nutricional: a integridade e o perfil dos aminoácidos presentes no alimento são mantidos no produto natural. Vale lembrar que o melhor balanço e disponibilidade de aminoácidos são encontrados nos produtos cárneos.

Então, devo oferecer carnes frescas ao meu pet?

Você pode estar se perguntando agora se deve oferecer alimentos frescos, como pedaços de carnes cruas ou cozidas. É importante ressaltar que ao alimentarmos um pet a base de alimentos frescos, isso é, sem o uso de rações comerciais, é obrigatório que a dieta seja estritamente balanceada e variada, com as corretas proporções de macro e micronutrientes. Para isso, é necessário a formulação e acompanhamento constante de um especialista em nutrição animal.

explicamos no blog alguns riscos das dietas caseiras, entre eles intoxicações, obstruções, má digestão, excesso ou falta de minerais, entre outros. Estocar e conservar os alimentos também é outro ponto de atenção, já que grandes quantidades de ingredientes deverão ser utilizados, pois o alimento in natura tem uma densidade energética muito menor que a ração, ou seja, o volume de alimento a ser ingerido será bem maior.

Oferecer alguns alimentos frescos eventualmente como um agrado ou complemento, também pode não ser uma boa ideia. Os alimentos completos industrializados já vêm balanceados em nutrientes (vide o verso da embalagem dos produtos), e complementar com comida caseira vai desequilibrar a dieta do animal.

Esperamos que esse artigo tenha ajudado você a alimentar ainda melhor o seu animal de estimação.  A Farmina trabalha sempre com os melhores alimentos em todos seus produtos. Na linha N&D você encontra produtos naturais, livres de transgênicos, sem adição de glúten, com apenas conservantes naturais e ricos em alimentos de origem animal, respeitando a natureza dos cães e gatos.