Categoria: Saúde e Bem-Estar

Capa de 'A atividade física pode mudar a vida do seu pet – Saiba como'

A atividade física pode mudar a vida do seu pet – Saiba como

Que a atividade física faz bem, todo mundo já sabe. Não somente para o corpo, bem como para a mente, os exercícios físicos melhoram a qualidade de vida e trazem benefícios de saúde a todos que os praticam. Cães e gatos precisam de atividades que estimulam movimento não só pela saúde, mas também pela questão psicológica. Grande parte dos problemas de comportamento dos pets tem íntima relação com o tédio e o acúmulo de energia não gasta. Pode não parecer, mas breves caminhadas diárias já são capazes de mudanças incríveis no comportamento de um cão, por exemplo.

Entenda a fundo porque cães e gatos precisam tanto de atividade física, saiba quais são as melhores opções e como você pode fazer para seu pet praticá-las, inclusive trazendo benefícios à sua saúde também.

A vida moderna dos pets

Conforme temos explicado em vários artigos do blog, os cães e gatos vêm sendo domesticados há milênios. De animais selvagens e avessos à aproximação humana, eles se tornaram seres extremamente amigáveis, ocupando uma grande importância como companheiros atualmente. Mas, a companhia é uma função muito recente dos animais.

No caso dos cães, durante praticamente todo o tempo eles tinham funções muito valorizadas, mas nenhuma delas era a companhia. Desde o início da domesticação até um passado não muito distante, os cães eram ferramentas de trabalho. Sua agilidade e raciocínio rápido, seus sentidos aguçados e sua incomparável capacidade de se comunicar com os seres humanos os adequaram a uma extraordinária diversidade de tarefas, como caça, pastoreio, guarda, entre outros, sendo funções importantes para economia, inclusive.

Todas essas atividades, sem exceção, exigiam muita disposição física. E o homem sempre valorizou a energia física dos animais em prol de atividades que seriam úteis. Na natureza, lobos e cães selvagens passam aproximadamente 80% do seu tempo (excluindo as horas de sono) caçando, procurando comida e explorando território.

Já os gatos, tiveram poucas funções exploradas pelo homem, já que são animais mais difíceis de domesticar e não tinham força física suficiente para as tarefas da época. Eram utilizados mais para caçar e afugentar roedores e outras pequenas presas que devastavam plantações e armazéns. Assim como cães, os gatos selvagens também passam a maior parte do seu tempo livre vagando, caçando e executando outras atividades que demandam grande gasto de energia.

Nas últimas décadas, sobraram poucos cães e gatos com as atividades acima, sendo a companhia o principal propósito atualmente da maioria deles. Somando isso a vida dentro de casa, principalmente em grandes cidades e centros urbanos, os exercícios físicos estão cada vez mais raros para os animais de estimação. Essa vida moderna trouxe muitas vantagens para o homem e para os animais, como maior conforto, segurança, acesso à nutrição e serviços de saúde de alta qualidade, aumento da expectativa de vida, mas, exige que tenhamos atenção especial à prática de exercícios físicos.

Como a atividade física traz saúde e bem-estar?

Cães a e gatos têm uma necessidade instintiva de praticar exercícios físicos. Desenvolvidos pela natureza para caçar, já que são carnívoros, a energia que esses animais têm é muito grande. A vida moderna exige mantê-los dentro de casa, já que as ruas são muito perigosas. A atividade física possibilita ao animal expressar o seu comportamento natural. Veja 8 benefícios incríveis da atividade física:

1- Estimula o aprendizado: ao passear, brincar e executar uma tarefa, o animal vai ter que aprender a fazê-la de maneira adequada. Os filhotes de todas espécies brincam e são estimulados por suas mães para aprender desde cedo como será sua rotina.

2 - Reduz o tédio: a falta de atividades é um grande problema dos pets. Passar horas em um mesmo ambiente sem novos estímulos é extremamente entediante, e induz comportamentos indesejáveis, como destruição de móveis e objetos, lambedura excessiva, latidos sem motivos, entre outros. Qualquer atividade física irá estimular a mente e espantar o tédio.

3 - Reduz a ansiedade: gastar energia e focar-se em algo, como um brinquedo ou uma corrida, irá diminuir a ansiedade, e consequentemente, comportamentos compulsivos. A falta de exercício e estimulação mental pode levar a busca de atenção.

4 - Sensação de bem-estar: é comprovado que exercícios físicos liberam hormônios de bem-estar no cérebro, trazendo uma sensação relaxante após o exercício.

5 - Melhora a saúde: o estímulo frequente traz a adaptação do organismo ao exercício, fortalecendo os órgãos. As capacidades cardiorrespiratória e circulatória são as que mais se desenvolvem com a prática de atividade física, reduzindo as chances de problemas relacionados a esses sistemas. Cães que saem mais para passear vão urinar com mais frequência, reduzindo as chances de problemas urinários, como cálculos (pedras) e infecções na bexiga. Músculos e articulações também estarão mais saudáveis e fortes em pets que sempre se movimentam. A atividade física regular também reduz a velocidade do processo de envelhecimento. Além disso tudo, o exercício combate a obesidade, evitando doenças que estão relacionadas ao excesso de peso.

Seu pet está acima do peso? Saiba que agora você pode receber uma dieta personalizada para ele através do Plano Nutricional Farmina. Clique aqui e preencha os dados do seu pet para ter acesso a uma alimentação calculada para as necessidades dele, e ainda receba um cupom de desconto exclusivo.

6 - Promove obediência: quando você gasta tempo brincando com seu pet e lhe ensinando coisas novas, você está fortalecendo seu vínculo. Essa interação gera confiança e melhora o relacionamento entre animal e tutor, promovendo obediência.

7 - Promove socialização: ao sair para passear (no caso de cães), ou brincar em casa mesmo, o animal vai ter que socializar com outros animais e até outros humanos. Isso é extremamente importante para tornar o animal mais tolerante à aproximação, sem expressar medo ou agressividade.

Agora que você já sabe os benefícios, vamos colocar em prática os exercícios físicos. Elencamos as principais modalidades disponíveis, sempre estimulando a interação tutor e pet, auxiliando você também a praticar algum esporte.

Atividades Físicas para Cães

Caminhadas: É o exercício mais fácil de ser colocado em prática, e não deixa de ser muito importantes para os cães, pois é através dessa modalidade que eles conseguem expressar um dos seus principais instintos, o de exploração. Durante o percurso é possível sentir odores, demarcar territórios, conhecer novos cães, entre outros estímulos. Além desses benefícios, as caminhadas são excelentes para motivar tutor a também praticar alguma atividade esportiva. Existem estudos que mostram que as pessoas que tem um animal de estimação praticam mais atividade física em comparação a quem não tem.

Corridas: possuem benefícios semelhantes aos da caminhada, com a diferença de que o gasto energético é maior. Importante permitir uma caminhada antes, onde o cão possa cheirar, demarcar território e relaxar um pouco antes de iniciar a corrida.  Por ser um exercício mais intenso, é necessário ter atenção com a hidratação, temperatura ambiente, e capacidade física do animal.  Não é recomendado a prática desse tipo de atividade com animais braquicefálicos (Pug, Shih-tzu, Bulldog, etc.), pois eles apresentam dificuldades respiratórias que podem causar um mal súbito durante o exercício físico. Raças muito pequenas, cães idosos e acima do peso também não conseguem acompanhar o ritmo de uma corrida.

Brincadeiras em casa: algumas brincadeiras podem ser interessantes para exercitar o seu melhor amigo. Dois bons exemplos que cães adoram são pegar a bolinha e fazer cabo de guerra. Para praticá-las, certifique se os objetos são adequados e se não oferecem nenhum tipo de risco ao animal durante o entretenimento. É preciso dizer que só as brincadeiras não são suficientes, mas podem funcionar muito bem como coadjuvante aos outros exercícios, ou em um dia que não foi possível sair.

Agility: é um esporte feito especialmente para cães. Trata-se de um percurso cheio de obstáculos que cão deve superar no menor tempo possível. O percurso de agility normalmente tem gangorras, túneis, rampas, pequenos muros e pneus. Nessa atividade, além aprimorar a agilidade, os cães também desenvolvem a disciplina e obediência com o seu tutor. Como exige muito do animal, o agility também não é recomendado para animais que já citamos no item “corridas”.

Natação: para quem tem uma piscina à disposição, ótimo, basta estimular o animal a nadar. Importante frisar que alguns cães não gostam dessa prática, portanto não force. Deixe que ele sinta vontade naturalmente ao mostrar que é uma brincadeira prazerosa. Para quem não tem piscina, pode-se levar o pet em creches com essa estrutura.

Creches: caso você não tenha tempo nem espaço para essas atividades, uma boa opção é procurar uma creche. Esses locais oferecem passeios e brincadeiras supervisionadas que estimulam a interação com outros animais durante o dia, gastando muito energia.

Atividades Físicas para Gatos

Geralmente, não é fácil sair com um gato para passear, tampouco colocá-lo para nadar ou acompanhar uma corrida. Porém, estimular os exercícios físicos nos gatos não é algo complicado. Com um pouco de criatividade podemos estimular várias atividades através do enriquecimento ambiental. Muitos brinquedos e itens de enriquecimento estão à venda em pet shops, porém, com um alguma habilidade manual é possível desenvolver em casa mesmo. Separamos alguns exemplos:

Brinquedos interativos: atualmente existem brinquedos interativos, como quebra-cabeças que deixam o animal ocupado tentando desvendar algo, estimulando instintos de caça ou de exploração. Geralmente são brinquedos onde é possível colocar ração, petiscos, ou algum outro brinquedo dentro.

Pointer de laser: sabe aqueles “lasers” que fizeram sucesso há alguns anos na mão de crianças e adolescentes? Eles estimulam o instinto de caça dos felinos ao movimentarmos o feixe e luz sobre paredes e pisos. Importante destacar que ao fim da brincadeira é necessário oferecer algo para o gato de fato capturar, como se fosse a conclusão da caçada bem-sucedida dele, caso contrário, o bichano ficará frustrado.

Catnip: a chamada “erva-de-gato” é uma planta que aguça os sentidos de alguns gatos, estimulando brincadeiras. Existem brinquedos que contêm essa erva, bem como é possível comprar a essência e espirrar em locais que o pet gosta de ficar.

Brinquedos com penas: gatos se atraem muito por penas pois grande parte das suas presas naturais são pássaros. É fácil encontrar brinquedos desse tipo em qualquer pet shop. Aproveite o momento para brincar junto com ele, movimentando a “presa”.

Esconder a comida: uma maneira de tornar a alimentação interativa é esconder a ração ou os petiscos pela casa. Isso vai fazer o gato se movimentar bastante.

Prateleiras: instalar bases horizontais em locais altos, onde o gato possa subir e ficar observando tudo é uma ótima maneira de entretê-lo. Esse é um dos principais itens de enriquecimento ambiental.

Itens com buracos: caixas de papelão, rolos de papel higiênico e outros itens com buracos para colocar as patas, ou com espaço suficiente para entrar e sair são os preferidos dos gatos. Use sua criatividade e monte objetos de material maleável.

Outro animal de estimação: em casos em que é possível ter outro pet na casa, essa opção é interessante para aumentar as atividades físicas. A princípio, pense em ter outro felino (castrado) para fazer companhia a seu bichano. No geral, após o período de socialização, serão naturais brincadeiras como perseguição e “lutas” entre eles. Há muitos casos também de cães e gatos que vivem bem juntos e brincam bastante. O ideal é que eles se conheçam ainda filhotes, mas se não for possível, faça uma aproximação lenta e gradual, sempre respeitando os limites de cada um. Verifique o temperamento do animal novo, pois é necessário escolher um que seja muito dócil e tolerante.

Ficou com alguma dúvida sobre como estimular seu pet a praticar exercícios físicos? Deixe um comentário abaixo ou entre em contato nas nossas redes sociais. E não deixe de aproveitar o acesso exclusivo ao Plano Nutricional Farmina que os leitores do blog têm acesso. Garanta uma nutrição de alta qualidade e personalizada para o seu melhor amigo, clique aqui para receber.